O Bulldog Francês

PAIS DE ORIGEM: França

RESUMO HISTÓRICO:

Surgiu, provavelmente, como todos os Dogues, Molossos do império e do império romano, parente do Buldogue da GrãBretanha, dos Alanos da Idade Média, dos Dogues e pequenos Dogues da França. O Buldogue Francês, que conhecemos, é o produto de diferentes cruzamentos feitos pelos criadores apaixonados nos bairros populares de Paris no ano de 1880.

Nesta época, os cães dos açougueiros e cocheiros dos Halles souberam conquistar a alta sociedade e o mundo dos artistas pelo seu físico tão exclusivo e seu caráter. Daí se difundirem rapidamente.

O primeiro Clube da raça foi fundado em 1880 em Paris. O primeiro registro deinscrição data de 1885 e o primeiro padrão foi redigido em 1898, ano no qual a Sociedade Canina Central reconheceu a raça do Buldogue Francês. O primeiro cão exposto foi um cão de 1887. O padrão foi modificado em 1931, 1932 e 1948; foi reformulado em 1986 por H. F. REANT e R. TRIQUET (publicação FCI 1987), depois em 1994 pelo Comitê do Clube do Buldogue Francês com a colaboração de R. TRIQUET. (FONTE: Confederação Brasileira de Cinofilia)

Tipo de pelo:
Raso, cerrado, brilhante e macio ao toque

Opções de cor:
Fulvo com poucas ou muitas malhas tigradas (preto), branco com tigrado, fulvo (do café com leite, passando pelo dourado ao vermelho), branco com fulvo.

Índole: (convívio com crianças, idosos e outros animais):

São extremamente tolerantes com crianças, aguentando bem as brincadeiras e com bastante vontade de interagir com elas. Com idosos são bem tranquilos sabendo dosar sua força. Com outros animais depende da convivência e adaptação e com outros cães costuma ser muito boa.

Sua vocalização: baixa, média ou alta:

Média, não são cães de latir muito mas costumam fazer alguns barulhos como roncos e algumas vocalizações.

Seu adestramento e aprendizado: fácil, médio, difícil:

Médio, Aprendem muito fácil mas são teimosos o suficiente para quererem obedecer ou não sempre tentando te levar na brincadeira

Grau de atividade: baixo, médio ou alto:

Médio, mas não são cães bibelôs como muitos pensam. Gostam de atividade e são muito brincalhões necessitando de algum tempo de atividade e atenção

Espaço necessário? É uma raça que fica bem em um apartamento?

 Pouco espaço, normalmente se adaptam muito bem em apartamento desde que recebam atenção dos donos e tenham atividade para gastar energia pelo menos 2 vezes por dia.

Temperamento: É uma raça brincalhona, dorminhoca, boa para guarda?

Brincalhona e dorminhoca, são companheiros em tempo integral

Sua tolerância para brincadeiras é alta? Baixa?

Normalmente é bem alta, eles adoram fazer qualquer coisa junto com o dono.

Machos e fêmeas tem temperamentos distintos?

Acredito que pouco. Os machos tendem a ser um pouco mais tranquilos enquanto as fêmeas um pouco mais agitadas. Ambos são muito companheiros e tem a capacidade de alegrar seu dia sem você esperar.

Cuidados necessários para a beleza:

Não necessita de cuidados exagerados. Escovação 2 vezes por semana, banho 1 vez por mês (no máximo de 15 em 15 dias), limpeza de pregas faciais para não acumular sujeira e evitar mancha de lágrimas com algodão e soro fisiológico e limpeza de orelhas quando necessário.

* Verifique sempre as unhas, que quando não se desgastam tem de ser aparadas para não deformar os dedos, causar dor ou o cão se machucar ao se coçar.

* O comportamento do filhote deve ser moldado desde bem pequeno, para que seja um adulto exemplar e bem-educado.

* Quanto a saúde, não espere muito antes de falar com um veterinário. Tratamentos precoces podem reduzir a severidade das doenças e salvar a vida do seu frenchie.